sexta-feira, 23 de abril de 2010

JOE ESZTERHAS - UM MILITANTE A FAVOR DO FUMO QUE MUDOU DE LADO

Joe Eszterhas

Joe Eszterhas é escritor e roteirista hollywoodiano, autor de diversos bestsellers que acabaram por alcançar as telas de cinema. Por outro lado, exercia também um papel ativo na glamourização do tabagismo em seus filmes. Curiosamente, fazia-o intencionalmente, como um ativista a favor do direito das pessoas de fumar.


A película em que isto ficou mais evidente e teve mais repercussão foi Basic Instinct (Instinto Selvagem). Nesta, a personagem da atriz Sharon Stone seduz a de Michael Douglas, inclusive, para que este volte a fumar. Uma das cenas do filme, de tão erótica, ficou gravada na memória dos cinéfilos, tendo sido escolhida a 'cena de pernas mais sensual da história do cinema', numa eleição realizada em Londres (14 anos após o lançamento de Basic). A psicóloga Catherine Trammel (Stone), é interrogada num ambiente policial; fuma, desrespeitando as autoridades lá constituídas; cruza as pernas ao acender o cigarro, e exibe a comentada genitália desnuda.

Após anos dedicados a esta militância pró fumo, Joe Eszterhas descobriu-se com câncer de garganta, uma das neoplasias mais relacionadas ao tabagismo, até porque a região faz parte permanente do trajeto da fumaça tóxica rumo ao cérebro, onde a nicotina precisa chegar para aplacar as síndromes de abstinência.

A visão de Eszterhas sobre o tabagismo e todo o sistema corrupto que o envolve mudou radicalmente após as diversas cirurgias e tratamentos outros a que teve de submeter-se. Fez, então, um pacto com Deus, disse ele, de forma a influenciar Hollywood e seus colegas de ramo a não mais glamourizar o tabaco, se escapasse vivo daquela situação incômoda. Escreveu, inclusive, uma nota no New York Times a este respeito, culpando-se pelo que teria feito a inúmeras pessoas. Milhões, na verdade. O título foi 'A responsabilidade de Hollywood pelas mortes por fumo'.

Os países em desenvolvimento, sobretudo estes, tem dificuldade extrema para obter e aplicar recursos financeiros em campanhas de conscientização para o antitabagismo. Hollywood disseminar imagens favoráveis ao uso do tabaco chega a ser covardia.

Em depoimento à Nadia Collot, no depoimento para o seu extraordinário documentário franco-belga, 'Tabac, La Conspiration', temos a oportunidade de ouvir Eszterhas expressar-se com todas as letras e sentimentos:
-------------------
video
Joe Eszterhas - nasce um ativista

Nenhum comentário: